Um marco na historia moral da humanidade

O monumento abaixo que resistiu parcialmente ficava no epicentro da explosao da bomba de uranio em Hiroshima, as 8h15 da manha do dia 6 de agosto de 1945. A explosao a 600 m de altura matou mais da metade da população da cidade de 250 mil habitantes. O calor e ação toxica exterminou imediatamente tudo e todos a 1 km do epicentro. O relato de horrores dos sobreviventes que morreram ao longo dos dias, semanas e anos seguintes fica como um registro da capacidade humana de destruição que nos deixa arrasados – ao ouvir relatos individuais de sofrimento fisico e emocional insuportáveis multiplicamos pelas centenas de milhares de outros resulta inimaginável a dor coletiva resultante. imensamente triste

One thought on “Um marco na historia moral da humanidade

  1. Realmente, a expressão da Miriam na foto é de total desolação, provavelmente resultante do relato da guia. Pior é que ainda hoje alegam que as bombas foram lançadas por que teriam ocorrido ainda mais mortes se a guerra tivesse continuado e eu sempre me pergunto se isso não é tentar justificar o injustificável…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s