Grupo STB na Cidade Proibida

A nossa primeira visita na China foi no coração histórico de Beijing – a cidade proibida de onde os imperadores de sucessivas dinastias governavam.

A Cidade Proibida foi o palácio imperial da China desde meados da Dinastia Ming até ao fim da Dinastia Qing. Durante quase cinco séculos serviu como residência do Imperador e do seu pessoal doméstico, sendo o centro cerimonial e político do governo chinês.

Somente o imperador, sua família e empregados mais graduados tinham a permissão para entrar no palácio. Sede de um governo burocrático que comandou o império mais populoso da Terra, é o maior palácio do planeta.

Construído entre 1406 e 1420, o complexo consiste em 980 edifícios e 9.999 quartos, com e 720.000 m². O complexo exemplifica a arquitectura palaciana tradicional chinesa, declarado Patrimônio Mundial da Humanidade em 1987, listado como a maior colecção de antigas estruturas de madeira preservadas no mundo.

Período áureo da Cidade Proibida com Kangxi, o 2º imperador da dinastia Qing, da Manchuria, que governou por 61 anos a partir de 1661.

Em 1793, Lord Macartney, embaixador de George III, provoca conflito diplomático a se prostrar ao imperador. O crescente interesse dos ingleses por porcelana, seda e chá, introduzem o ópio importado da Índia para equilibrar a balança comercial. Com a proibição do comércio pelo imperador é declarada a guerra. Com a derrota imperial em 1858 – a China teve de entregar os portos e comércio internacional para as potências estrangeiras.

A crescente dependência em ópio leva a China ao século da humilhação. A regente Cixi governou por 47 anos, de 1861 até sua morte em 1908, então um mero fantoche do poder ocidental. O império acabara ainda mais dependente dos ocidentais ao ter de solicitar seu apoio para conter a Rebelião dos Boxers – que se opunham à influência estrangeira. Decadente, o império cai em 1912.

O último imperador, Puyi, abandona o palácio em 1924 quando passa a função de museu, mas sofreu com a ofensiva japonesa em 1931 e restaurado nos anos 50.

Anúncios

7 thoughts on “Grupo STB na Cidade Proibida

  1. Beto, parabens pela organizacao! Estamos acompanhando as peripecias da 3 meninas pelo blog!
    Beijo para a minha mami Dirce, para a Cris e para a Elisa!
    Beijo para vc também!

    Leonora

  2. Beto, o blog está o máximo!!!
    Mande beijos para minha mãe, para a Cris e Eliza.
    Beijos para vc e aproveitem bastante a viagem

  3. Que viagem fantástica! Adoraria ter ido!!
    E tu, Beto, tá um “pão”!!!
    Uma ótima continuação de viagem pra todos!
    Rita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s